Sigam-me os bons.

domingo, 11 de novembro de 2012

Violência em SP desnorteia Alckmin

Por Altamiro Borges

Durante algum tempo, o governador Geraldo Alckmin e a mídia chapa-branca - alimentada com verbas da publicidade oficial -, afirmaram que a segurança pública em São Paulo era um exemplo para o Brasil. 
 
Agora, porém, nem os jornalões tucanos conseguem mais esconder o desastre no setor. Como afirma o editorial da Folha de hoje (27), intitulado “Violência em alta”, o governo paulista deve explicações à sociedade sobre o clima de medo que reina no estado. A mídia também podia aproveitar e fazer autocrítica de tanta bajulação.
 

Em setembro, dados oficiais da própria Secretaria de Segurança indicam que houve uma elevação de 27% nos registros de homicídios dolosos no Estado, em relação ao mesmo mês de 2011. Na capital paulista, o quadro é ainda mais crítico. O aumento dos homicídios verificado em setembro foi de 96%, na comparação com esse mês do ano passado. A Folha ainda tenta amenizar a barra dos tucanos, afirmando que “nem tudo piorou” na área da segurança. Ela cita a queda nos roubos de carga. Compara gente com mercadorias!

Apesar de registrar a “violência em alta”, o jornalão não critica o PSDB, que comanda o estado há quase duas décadas. Apenas sugere que “os esforços na área precisam ser revigorados”. A política de segurança pública dos tucanos segue a lógica de que a violência se combate com mais violência. O próprio Alckmin afirmou recentemente, diante de uma chacina policial na periferia, que “quem não resistiu está vivo”. Neste cenário, quem mais sofre é a população, que fica no meio do tiroteio entre a polícia e os bandidos.

Sem alterar a política de segurança em São Paulo, os homicídios e outras barbáries continuarão a crescer. Mas os tucanos são bicudos, autoritários. Não aceitam rediscutir suas práticas anacrônicas – com baixos investimentos na inteligência ou nas ações integradas com outras áreas sociais. Há cerca de 40 dias, segundo a coluna Painel da mesma Folha, a presidenta Dilma “enviou emissários para conversas com o secretário de Segurança do Estado, Antonio Ferreira Pinto”. O objetivo era unir forças no combate à criminalidade.

O governo tucano, porém, não aceitou a ajuda federal. “O diálogo não prosperou”, afirma o jornal. Preferiu culpar o governo Dilma pelo aumento da violência em São Paulo, numa prova cabal da sua incompetência. Como se observa, Alckmin, o PSDB e a mídia chapa-branca eles estão realmente perdidos, desnorteados!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Lula fala aos russanos:

Força Lula

Governar é cuidar do povo

Pela valorização do magistério

Blogs Russanos

O PT tem os defeitos de todos os partidos, mas nenhum tem as suas virtudes.

Image and video hosting by TinyPic

Privataria Tucana