Globo cita FHC e Joaquim Barbosa, mas eram os revolucionários que apoiavam a luta de Nelson Mandela.


Nenhum comentário: