Sigam-me os bons.

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Ibope confirma Vox Populi

Todo o mundo tem a consciência: Lula é imbatível em 2018. E Globo, sabendo disso, aponta sua artilharia pesada contra o presidente todo o dia, a toda hora, minutos e mais minutos dedicados a desmanchar Lula da mente dos brasileiros. Lula deu recado no ano passado: a pancadaria será grande, mas eu sobreviverei. Esposa e amigos ficaram pelo caminho nessa artilharia pesada da Globo e setores do judiciário.  
Ibope confirma Lula lá

20 de abril de 2017 por esmael |
O Estadão divulga nesta quinta-feira (20) pesquisa Ibope em o ex-presidente Lula é imbatível à Presidência da República.
Segundo o instituto, desde 2015, aumentou o número de eleitores que dizem que votariam nele com certeza (30%) ou que poderiam votar (17%). Ao mesmo tempo, a rejeição caiu 14% no período.


O levantamento do Ibope confirma o Vox Populi trazido à lume pela CUT na terça-feira (18), no qual o petista venceria já no primeiro turno em todos os cenários.

O Ibope revela que os três principais nomes do PSDB se desmilinguiram após o golpe de Estado contra a presidente eleita Dilma Rousseff, pois, desde outubro de 2015, segundo a sondagem, a soma dos que votariam com certeza ou poderiam votar no senador Aécio Neves (PSDB-MG) despencou de 41% para 22%.

O potencial do senador José Serra (PSDB-SP) caiu de 32% para 25%, e o do governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) foi de 29% para 22%. Os três tucanos aparecem na pesquisa com taxas de rejeição superiores à de Lula: 62%, 58% e 54%, respectivamente.

Esse debacle dos três tucanos explica, em parte, o covarde massacre diário da Globo contra Lula. A emissora tem utilizado o “jornalismo de guerra” para tirar o candidato do PT do páreo em 2018.

Dito isto, a velha mídia também testa o potencial eleitoral de uma alternativa no âmbito do PSDB: o prefeito de São Paulo, João Doria.

De acordo com o Ibope, 12% dos eleitores votaria com certeza em Doria. No entanto, o que anima os golpistas é um índice de rejeição muito menor que a dos concorrentes dentro do partido: 32%.

Assim como os nomes tradicionais do PSDB, a ex-ministra Marina Silva (Rede) sofreu redução de potencial de voto e aumento da rejeição. Agora, um terço dos eleitores a indicam como possível opção – eram 39% há um ano.

O Estadão informa que o Ibope entrevistou pessoalmente 2.002 eleitores, entre 7 e 11 de abril, em 143 municípios de todas as regiões do Brasil. A margem de erro é de 2%.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Lula fala aos russanos:

Força Lula

Governar é cuidar do povo

Pela valorização do magistério

Blogs Russanos

O PT tem os defeitos de todos os partidos, mas nenhum tem as suas virtudes.

Image and video hosting by TinyPic

Privataria Tucana