Os golpistas estão com medo da votação final impeachment

Em entrevista nesta quinta-feira, 2, o braço direito do presidente interino Michel Temer, Eliseu Padilha, ministro da Casa Civil, reconheceu que o governo está preocupado em retomar os 54 votos necessários para confirmar o afastamento da presidente Dilma Rousseff no processo de impeachment no Senado; "Vamos ouvir muitas manifestações ainda que em tese não estávamos esperando que acontecesse", afirmou; Padilha disse também que "o que a nação quer o Congresso acaba fazendo"; levantamento mostra que Temer teria atualmente 43 dos 54 votos necessários para se tornar presidente definitivo; entre os senadores que já se pronunciaram sobre a possibilidade de mudar o voto para rejeitar o impeachment estão Acir Gurgacz (PDT-RO), Cristovam Buarque (PPS-DF) e Romário (PSB-RJ)


Padilha admite medo do governo com votação final do impeachment
Em entrevista nesta quinta-feira, 2, o braço direito do presidente interino Michel Temer, Eliseu Padilha, ministro da Casa Civil, reconheceu que o governo está…
brasil247.com|Por Brasil 24/7

Nenhum comentário: