Sigam-me os bons.

sábado, 6 de maio de 2017

Lula: "Não vou permitir que a Globo continue mentindo"


Lula: "Não vou permitir que a Globo continue mentindo"
Junto com Pepe Mujica, do Uruguai, ex-presidente abriu o 6º Congresso Estadual do PT em São Paulo
Publicado em 05/05/2017
Foto: Filipe Araújo
Na abertura do 6º Congresso Estadual do PT de São Paulo, na noite desta sexta-feira (5), em São Paulo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que está com mais disposição em disputar as eleições presidenciais em 2018 do que jamais esteve, inclusive a primeira vez em que concorreu ao cargo, em 2018. Alvo de uma perseguição jurídico e midiática que já dura mais de dois anos, Lula desabafou:

"Eles conseguiram aflorar em mim, aos 72 anos, uma coisa que eu pensei que já havia passado. Agora, que resolveram tentar destruir uma biografia, que eu não devo a eles, que só devo ao povo, terão que me enfrentar outra vez nas ruas deste país", disse o ex-presidente, que completou: "Não vou permitir que continuem mentindo. Tudo o que eu desejo na vida é disputar as eleições contra o candidato da Rede Globo de Televisão", anunciou Lula.

Ainda dentro da mesma temática, o ex-presidente concluiu: "Não foram poucos os almoços e conversas que tive com a família Marinho (dona da Rede Globo). Eles nunca nos respeitaram. Quero que eles tenham um candidato que tenham um plim plim no peito, para nós dizermos com todas as letras: nós vamos regulamentar a comunicação neste país. Não é possível que existam nove famílias que sejam donas de todos os maiores meios de comunicação da nação".

Aproveitando a presença do ex-presidente do Uruguai Pepe Mujica, Lula falou dos desafios que envolvem não só o Brasil, mas toda a América Latina: "É verdade que a direita está assumindo uma postura de retomar à força o espaço perdido para a esquerda neste século, inclusive com o golpe vergonhoso dado em cima do PT e da presidenta Dilma Rousseff. O que a gente percebe é um avanço internacional da extrema direita e da direita, e é preciso resistir."

Falando a uma plateia de filiados petistas, Lula afirmou: "Eu agradeço por acordar vivo, pelo dia que tive e quando, vou deitar, peço a Deus que me deixe acordar de novo, porque tenho que ver vocês todo santo dia. E eu, com toda esta fé, nunca estive com tanto tesão para concorrer à Presidência". O ex-presidente Mujica também falou durante o evento do PT.

O ex-presidente do Uruguai, em sua fala, destacou os traços comuns existentes em todos os países da América Latina. "Somos o continente mais rico em recursos naturais, mas o mais injusto que há em cima da Terra. Temos que nos dar conta que há uma batalha continental, e a responsabilidade do Brasil também é continental."

De acordo com o líder do país vizinho, "há uma direita fascistoide que quer confrontação com as forças progressistas em todo o mundo, para reduzir os direitos conquistados por meio da luta de classe". "É preciso tomar cuidado para não cair no ódio", alertou o uruguaio, que passou 14 anos como preso político em seu país antes de se tornar presidente.





Junto com Pepe Mujica, do Uruguai, ex-presidente abriu o 6º Congresso Estadual do PT em São Paulo


Publicado em 05/05/2017






Foto: Filipe Araújo



Na abertura do 6º Congresso Estadual do PT de São Paulo, na noite desta sexta-feira (5), em São Paulo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que está com mais disposição em disputar as eleições presidenciais em 2018 do que jamais esteve, inclusive a primeira vez em que concorreu ao cargo, em 2018. Alvo de uma perseguição jurídico e midiática que já dura mais de dois anos, Lula desabafou:

"Eles conseguiram aflorar em mim, aos 72 anos, uma coisa que eu pensei que já havia passado. Agora, que resolveram tentar destruir uma biografia, que eu não devo a eles, que só devo ao povo, terão que me enfrentar outra vez nas ruas deste país", disse o ex-presidente, que completou: "Não vou permitir que continuem mentindo. Tudo o que eu desejo na vida é disputar as eleições contra o candidato da Rede Globo de Televisão", anunciou Lula.

Ainda dentro da mesma temática, o ex-presidente concluiu: "Não foram poucos os almoços e conversas que tive com a família Marinho (dona da Rede Globo). Eles nunca nos respeitaram. Quero que eles tenham um candidato que tenham um plim plim no peito, para nós dizermos com todas as letras: nós vamos regulamentar a comunicação neste país. Não é possível que existam nove famílias que sejam donas de todos os maiores meios de comunicação da nação".

Aproveitando a presença do ex-presidente do Uruguai Pepe Mujica, Lula falou dos desafios que envolvem não só o Brasil, mas toda a América Latina: "É verdade que a direita está assumindo uma postura de retomar à força o espaço perdido para a esquerda neste século, inclusive com o golpe vergonhoso dado em cima do PT e da presidenta Dilma Rousseff. O que a gente percebe é um avanço internacional da extrema direita e da direita, e é preciso resistir."

Falando a uma plateia de filiados petistas, Lula afirmou: "Eu agradeço por acordar vivo, pelo dia que tive e quando, vou deitar, peço a Deus que me deixe acordar de novo, porque tenho que ver vocês todo santo dia. E eu, com toda esta fé, nunca estive com tanto tesão para concorrer à Presidência". O ex-presidente Mujica também falou durante o evento do PT.

O ex-presidente do Uruguai, em sua fala, destacou os traços comuns existentes em todos os países da América Latina. "Somos o continente mais rico em recursos naturais, mas o mais injusto que há em cima da Terra. Temos que nos dar conta que há uma batalha continental, e a responsabilidade do Brasil também é continental."

De acordo com o líder do país vizinho, "há uma direita fascistoide que quer confrontação com as forças progressistas em todo o mundo, para reduzir os direitos conquistados por meio da luta de classe". "É preciso tomar cuidado para não cair no ódio", alertou o uruguaio, que passou 14 anos como preso político em seu país antes de se tornar presidente.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Lula fala aos russanos:

Força Lula

Governar é cuidar do povo

Pela valorização do magistério

Blogs Russanos

O PT tem os defeitos de todos os partidos, mas nenhum tem as suas virtudes.

Image and video hosting by TinyPic

Privataria Tucana