PT e Lula devem apoiar Marília Arraes para governadora de Pernambuco em 2018.



 
As lições de 2015 e 2016 - não dá mais para fazer alianças com a direita, com empresários e gente desse consórcio golpista e lesa-pátria. 

Armando Nogueira é mais um que votou na reforma trabalhista. 

Como Lula pode fazer as críticas necessárias às reformas do Temer com um senador que votou na reforma trabalhista e enterrou a CLT?

Não, não dá. Isso gera um descrédito.

Agora é vez de se fazer uma campanha eleitoral para fortalecer novas lideranças petistas. 

Miguel Arraes ainda é um político muito querido em Pernambuco. 

Marília Arraes parece ter esse espírito de mudanças, de se fazer liderança no meio do povo na defesa do povo e do Estado social. 

Sim, entendo que Lula não teria condições de aliança em que votou pela reforma trabalhista, não é? 

Agora, vamos de Marília Arraes para governador de Pernambuco e João Paulo para senador. 
 


Nenhum comentário: