Boulos: o Brasil será destruído se essa turma continuar no poder



Boulos: o Brasil será destruído se essa turma continuar no poder

Líder do MTST afirma, em sua coluna na CartaCapital, que "um ano foi também tempo suficiente para o golpe mostrar a que veio"; ele aponta 12 retrocessos dos últimos 12 meses e aponta que "a única saída para a situação em que o País se encontra é a ampla mobilização popular"
O líder do MTST e da Frente Povo Sem Medo, Guilheme Boulos, destaca em sua coluna na CartaCapital nesta segunda-feira 12 retrocessos vivenciados pelo Brasil nos últimos 12 meses de governo Temer.

Segundo Boulos, "um ano foi também tempo suficiente para o golpe mostrar a que veio. O que está em jogo é a aplicação de um programa que não foi eleito pelo povo brasileiro. Mais ainda, que jamais o seria".

Ele destaca que "a única saída para a situação em que o País se encontra é a ampla mobilização popular – se preciso, com legítima desobediência civil – para interromper a agenda de destruição nacional. Isso deve desaguar na defesa da convocação antecipada de eleições gerais".

Leia aqui a íntegra.

Nenhum comentário: