Sigam-me os bons.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Depoimentos de Emílio Odebrecht que podem inocentar Lula são chamados pelo promotor de aleatórios.



Emílio Odebrecht sabia que não poderia inocentar Lula e pede para desligar gravador
By Carta Campinas / in Economia e Política, Manchete /
 
video
Um detalhe na delação de Emílio Odebrecht chama a atenção porque indica que o delator sabia que não poderia elogiar, inocentar ou falar positivamente do caráter do ex-presidente Lula. Algo parece totalmente absurdo em uma investigação judicial foi gravado em vídeo.

Ao iniciar uma fala para elogiar ou indicar inocência do ex-presidente Lula, ele diz: “Eu sou muito transparente. Eu gosto do Lula, confio nele, valorizo ele, posso afirmar…, se quiser deligar, desligue [solta uma risadinha para o promotor]Pode desligar aí por favor porque eu acho que não é….

Emílio Odebrecht indica que vai dizer algo que inocenta Lula ou que falaria positivamente do caráter do presidente Lula, mas é interrompido. Esse detalhe foi escondido pela emissoras de TV.

O promotor de justiça corta o delator. Não se interessa pelo tema. “Vamos pegar o depoimento e depois você faz os comentários aleatórios aí…”. O delator dá risada.

O vídeo mostra que ‘depoimentos’ que possam inocentar o ex-presidente são chamados de “aleatórios”. https://www.facebook.com/elvis.rocha.925/videos/1400206866702827/

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Lula fala aos russanos:

Força Lula

Governar é cuidar do povo

Pela valorização do magistério

Blogs Russanos

O PT tem os defeitos de todos os partidos, mas nenhum tem as suas virtudes.

Image and video hosting by TinyPic

Privataria Tucana