Pesquisas indicam reprovaçaõ ao golpe e senadores devem mudar o voto. Dilma voltará mais forte.

DILMA VOLTARÁ - Cristovam Buarque e outros Senadores devem mudar o voto.
Na votação final do Senado, serão necessários 54 votos para cassar definitivamente Dilma Rousseff
 
Cristovam Buarque, Senador do (PPS-DF) foi um dos 55 votos pela abertura do processo de impeachment contra a presidente da República afastada, Dilma Rousseff. Ele e o Senador Reguffe são aliados e costumam votar de maneira parecida.

Ambos têm dito que só votaram pela admissibilidade do processo. Mas que na votação final, quando da confirmação do impeachment, podem decidir pelo retorno de Dilma, se não se convencerem de que a presidente realmente cometeu um crime digno de cassação.

Na votação final do Senado, serão necessários 54 votos para cassar definitivamente Dilma Rousseff. Caso contrário, o presidente em exercício, Michel Temer, é quem deixará o Palácio do Planalto. Sem Cristovam e Reguffe, os aliados de Temer só têm assegurados, hoje, 53 votos. Plantãobrasil

Nenhum comentário: