Globo e Veja utilizam matéria requentada para atacar Lula e reduzir impacto negativos dos áudios do Machado no governo golpista.

 Stanley Burburinho

Essa 'notícia' da Veja, sobre Pedro Corrêa ter citado Lula, é requentada de 26/03/2016

"ATENÇÃO: A revista (sic) Veja cria um balão de ensaio para ABAFAR os áudios que devem derrubar Temer"
"A imprensa brasileira perdeu a vergonha na cara. Eles estão usando uma notícia velha como nova para fazer uma "cortina de fumaça" que serve para amenizar os áudios bombásticos de Sérgio Machado.

As denúncias de Pedro Corrêa foram divulgadas no dia 26/03/2016, mas foram requentadas pela Veja, com pequenas novidades, para colocar no mesmo bolo das do Sérgio Machado.

Tudo isso é uma jogada da grande mídia para diminuir os impactos das bombas dos áudios, que sepultaram o golpe e o governo Temer.

(...)

Em tempo: A denúncia ainda carece de provas concretas, pois não tem áudios, apenas vazamentos de uma delação, pode ter mentiras dentro da reportagem. Como tinha na capa da revista VEJA durante a última semana das eleições de 2014 com as delações de Paulo Roberto e Yousseff."

http://www.debateprogressista.com.br/…/atencao-revista-sic-…

Link para a matéria da imagem: http://g1.globo.com/…/ex-deputado-pedro-correa-faz-acusacoe…

/Dica @RodCardosoAS

Nenhum comentário: