O que explica comportamento golpista de ex-petistas como Buarque, Marta Suplicy, Bicudo e Marina Silva?





Muito curioso e até merece tese de dissertação no  mestrado em qualquer curso das áreas de ciências humanas, sociais e política. 

A pergunta é: o que explica o comportamento de ex-petistas no golpe contra a democracia brasileira?

O ódio?

A inveja?

O despeito?

A vingança?


Por que ex-petistas se comportam pior do que maridos e esposas traídos(as)? 

E a coisa mais estranha é que esses ex-petistas passam a renegar tudo em que acreditaram por um longo tempo no PT. 

E ódio explode nas palavras e a nas ações. 

E pessoas como Marta Suplicy, Marina Silva, Cristóvão Buarque, Heloísa Helena, Bicudo são exemplos do que é a vida de ex-petistas. 

Pessoas doentes, cheios de ódio, inveja e cujo único objetivo é acabar com o PT. 

Esquecem até os companheiros que um dia tiveram dentro do partido. 

O ódio é tão profundo que essas pessoas não têm vergonha de estar ao lado de Cunha, Temer, Serra, DEM e o que de pior existe na política brasileira. 

Nenhum comentário: