O golpe de meio bilhão do Eduardo Cunha para a bancada da mala.

 eduardo cunha sultão família gastos bilhão corrupção
O golpe de meio bilhão do condutor do impeachment O sultão e seu golpe de meio bilhão de reais: como Eduardo Cunha, condutor do impeachment, agenciou “bancada da mala”, com 200 deputados. 
 
Detalhes são pitorescos: gastos milionários em hotéis, restaurantes, lojas de grife Eduardo Cunha, presidente da Câmara, sua filha, Danielle Cunha e sua mulher, Cláudia Cruz, ex-jornalista da Globo (reprodução) Mauro Lopes, Caminho Pra Casa O processo de impeachment contra a presidenta Dilma é um golpe em dois sentidos: político e financeiro. Não tem qualquer traço de legalidade. Há um trem pagador de mais de R$ 500 milhões de reais (meio bilhão) que patrocina o golpe contra uma presidente eleita e contra a qual não pesa sequer uma acusação de corrupção. O trem pagador tem um maquinista, Eduardo Cunha. Leia mais aqui

Nenhum comentário: