Sigam-me os bons.

sábado, 16 de abril de 2016

Lula: Quem trai as urnas não vai sustentar acordos feitos nas sombras

 
Lula: Quem trai as urnas não vai sustentar acordos feitos nas sombras - Vermelho

 Em vídeo divulgado nas redes sociais, nesta sexta-feira (15), o ex-presidente Lula dirigiu-se aos parlamentares que estão em sessão plenária de debate do pedido de abertura de processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff. Lula destacou que “divergir do governo, criticar os erros e cobrar mais diálogo e participação” é o papel do Legislativo, mas “outra coisa é embarcar em aventuras, acreditando no canto de sereia dos que se sentam na cadeira antes da hora”. 

 

Lula afirmou que “os deputados têm de pensar com muita serenidade” e não podem esquecer que “foi preciso muito esforço, muito sacrifício, para o Brasil conquistar respeito e credibilidade diante do mundo”. “Quem trai um compromisso selado nas urnas não vai sustentar acordos feitos nas sombras”, disse ele, numa clara referência à conduta conspiratória do vice-presidente Michel Temer, que atua na articulação do golpe. “A partir de 2003, como todos sabem, o Brasil mudou muito e mudou para melhor. Juntos, superamos grandes desafios econômicos, políticos e sociais. Juntos, vencemos a fome e começamos a reduzir a desigualdade. Derrubamos o muro que dividia o Brasil entre os que tudo podiam e os que sempre ficaram à margem da história”, destacou. E acrescentou: “Todo esse esforço pode ser jogado fora por um passo errado, um passo impensado, no próximo domingo”. O ex-presidente destacou que “são extraordinárias as manifestações em defesa da legalidade em todos os cantos do país” e que “elas alertam que, fora da democracia, o que vai existir é o caos e a incerteza permanente”. “Eu estou convencido de que o golpe do impeachment não passará”, salientou. “Derrubar um governo eleito democraticamente sem que haja um crime de responsabilidade não vai consertar nada. Só vai agravar a crise”, defendeu. “Ninguém será respeitado como governante se não respeitar, primeiro, a Constituição e as regras do jogo democrático. Ninguém será respeitado se não prosseguir no combate implacável à corrupção. É isso que a sociedade exige”, pontua. Lula reforça que “não se pode brincar com a democracia”. Ele frisa que “o Brasil tem plenas condições de voltar a crescer, gerando empregos e distribuindo renda”. “Vocês se lembram: foi graças ao diálogo que fiz um governo em que todos os setores ganharam. É verdade que o Brasil e o mundo enfrentam hoje uma situação difícil na economia. É verdade que o governo tem falhas, que precisam ser corrigidas. Mas nós já fomos capazes de superar grandes desafios e saberemos fazer isso mais uma vez. Todos nós sabemos qual é o caminho.” E finaliza: “Vamos derrotar o impeachment e encerrar de vez essa crise. E juntos, novamente, vamos fazer do Brasil um país cada vez maior e mais justo, com oportunidades para todos”.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Lula fala aos russanos:

Força Lula

Governar é cuidar do povo

Pela valorização do magistério

Blogs Russanos

O PT tem os defeitos de todos os partidos, mas nenhum tem as suas virtudes.

Image and video hosting by TinyPic

Privataria Tucana