Sigam-me os bons.

sábado, 16 de abril de 2016

Governadores, senadores e parlamentares fazem articulação contra o golpe.

Dino, Jandira e Lindbergh exaltam articulação contra o golpe
Foto: Portal Vermelho

Dino, Jandira e Lindbergh exaltam articulação contra o golpe

Movimentação pró-democracia na Câmara dos Deputados nesta sexta-feira contou com o apoio de governadores, senadores e parlamentares
Foto: Portal Vermelho
Postado por Agência PT, em 15 de abril de 2016 às 21:55:05
A mobilização de importantes setores da sociedade brasileira, que de forma articulada e engajada construíram um movimento cívico em defesa da democracia, conseguiu alterar a composição, nesta sexta-feira (15), da votação do impeachment contra a presidenta, Dilma Rousseff.
 
O atual momento positivo contou com o trabalho importante de governadores, como Flávio Dino (PCdoB), do Maranhão, que conversou com diversos parlamentares para demonstrar a importância do momento histórico pelo qual passa o país e a necessidade de se construir um pacto de governabilidade após se derrotar no plenário o relatório que propôs impeachment sem base legal.
“Estamos firme na luta, mobilizando a sociedade em primeiro lugar”, afirmou o governador Flávio Dino. “É importante a presença de todos em um movimento cívico de defesa da Constituição e democracia até o domingo. E nós vamos vencer! Conversei com deputados de vários partidos, muitos votos foram modificados. E essa é tendência mais clara, a vitória no domingo. Vamos construir um pacto de governabilidade respeitando a Constituição. Não ao golpe!”, completou.
O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) também demonstrou confiança nessa reta final de conquista de votos. “Hoje foi um dia muito importante. Muitos votos foram virados e posso afirmar para vocês: eles não têm votos para aprovar o impeachment aqui. Agora temos que ir para as ruas com tudo para barrar o golpe de uma vez por todas”, afirmou.
16-04-09-Comissao-Impeachment-Jandira-Feghali
O sentimento de desânimo por parte dos que apoiam o golpe foi percebido pelos deputados federais Wadih Damous (PT-RJ) e Jandira Feghali (PCdoB-RJ). “É visível o desânimo dos golpistas, dos partidos de oposição de direita. Já sabem que muita gente não quer reservar seu lugar na história com a pecha de golpista”, disse Damous.
“De fato, o sentimento hoje é de avanço importante das nossas forças e uma baixa de ânimo do outro lado”, afirmou Jandira Feghali. “Eles estão percebendo que o abraço no Eduardo Cunha, no Michel Temer, num governo ilegítimo, não tem nenhuma condição de estabilizar este país. Pelo contrário, vão deflagrar ainda mais a sociedade, seria impossível governar. Vamos continuar crescendo.”
Damous também agradeceu ao apoio dos governadores pelo trabalho de diálogo com os deputados. “Graças à ação dos governadores, como Flávio Dino, do companheiro Lula, da companheira Jandira Feghali, dos deputados, conversando com cada um democraticamente, demonstrando que o que está em curso é um golpe. Já viramos o jogo, mas não estamos satisfeitos, não. Queremos um resultado expressivo para mostrar ao povo que golpe nunca mais. Não vai ter golpe”, projeta o deputado.
Da Redação da Agência PT de Notícia

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Lula fala aos russanos:

Força Lula

Governar é cuidar do povo

Pela valorização do magistério

Blogs Russanos

O PT tem os defeitos de todos os partidos, mas nenhum tem as suas virtudes.

Image and video hosting by TinyPic

Privataria Tucana