Domingo escreva aí. Não vai ter golpe de novo. Vai ter samba de novo nas ruas.

Nenhum comentário: