Sigam-me os bons.

sábado, 9 de agosto de 2014

o que o aluno já sabe é a ponte para a construção de um novo conhecimento


Prezados colegas, publico as minhas primeiras reflexões sobre conhecimento prévio, fruto de leituras e pesquisas, especialmente o texto – conhecimento prévio, entenda por que cada um já sabe é a ponte para saber mais de Elisângela Fernandes.
Segundo a autora, referenciando-se em Ausubel, o que o aluno já sabe é a ponte para a construção de um novo conhecimento a partir de estruturas mentais existentes ou da elaboração de outras novas.
 
Colaborando com este pensamento, Pedro Demo – em Educar pela Pesquisa, escreve que uma situação de aprendizagem inovadora possibilita ao aluno reconstruir conhecimento, ou seja, a partir de leituras religadas com o seu conhecimento prévio, o aluno produz um novo conhecimento. Aquilo que o aluno sabe é tão importante com o conhecimento a ser construído pelo aluno, a partir do planejamento e da seleção de conteúdos.
Nesse sentido, o professor precisa considerar duas situações: o que o aluno já sabe e quer aprender e o que o professor define como essencial este mesmo aluno aprender.
De fato, o professor conhecer o conhecimento prévio do aluno só terá sentido se fazer o planejamento e alimentá-lo continuamente – em momento de sínteses e de problematização o conhecimento prévio servirá para orientar atividades do professor.
Concordando com a autora, a melhor forma para conhecer o conhecimento prévio do aluno é criar situação-problema que oportunizem aos alunos mobilizar conhecimento para resolver determinar tarefa.Na situação-problema o professor atua na zona de desenvolvimento proximal, ZDP, proposto por Vygotsky.
Para Vygotsky, o desenvolvimento cognitivo dos alunos se dá por meio da interação social que deve acontecer dentro da zona de desenvolvimento proximal, que é a distância existente entre o que aluno já sabe e aquilo que o sujeito possui potencialidade para aprender.
Nessa metodologia de ensino, o professor vai desafiando o aluno, realizando momentos de sínteses, colocando pequenas pistas, problematizando os conteúdos, (entre o que aluno sabe e que o aluno deverá aprender, onde avançou).
Portanto, o professor desenvolve uma metodologia de ensino consciente fundamentada em autores da pedagogia dialógica e sociointeracionista.
 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Lula fala aos russanos:

Força Lula

Governar é cuidar do povo

Pela valorização do magistério

Blogs Russanos

O PT tem os defeitos de todos os partidos, mas nenhum tem as suas virtudes.

Image and video hosting by TinyPic

Privataria Tucana