Sigam-me os bons.

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Vygotsky , o homem não só é o produto de seu contexto social, mas também um agente ativo na criação deste contexto

 
Vygostsky tem um trabalho maravilhoso que precisa ser mais discutido entre os acadêmicos. Vygotsky sofreu uma influência muito forte do materialismo histórico-dialético proposto por Marx e Engels, chegando a concluir, à luz da teoria desses dois teóricos clássicos, que as origens das atividades psicológicas mais sofisticadas devem ser procuradas nas relações sociais do indivíduo com o meio externo.

Para Vygotsky , o homem não só é o produto de seu contexto social, mas também um agente ativo na criação deste contexto. Partindo desse pressuposto, a escola pública, ao receber crianças vindas de comunidades diferentes, de famílias de culturas diferentes, ao elaborar seu projeto pedagógico, ao fazer seu planejamento, não leva em conta o contexto social-histórico das suas crianças: algumas já tiveram contato com vários instrumentos de diversas naturezas como o computador, vídeo game,etc.
Isso é relevante em seus estudos quando Vygostsky  procura analisar a função mediadora presente nesses instrumentos elaborados para a concretude da atividade humana. 
Vejamos a era da informática, a relação criança e computador, como se explica todo esse fascínio que este instrumento exerce sobre esses seres em desenvolvimento que transforma e é transformado, que ensina e é ensinado?
É por isso que Vygotsky  chama atenção para a ação recíproca existente entre o organismo e o meio, e atribui especial atenção ao fator humano presente no ambiente.
Mas o psicólogo bielo-russo ressalta que os fatores biológicos têm grande importância sobre os sociais, somente ao início de vida da criança. Aos poucos ao interagir com seu grupo social, as pessoas de sua comunidade, com outras crianças mais experiente e com objetos de seu contexto histórico pessoal há mudanças  de comportamento e por conseguinte provoca o desenvolvimento de seu pensamento.
Nós constatamos isso no dia-a-dia, quando observamos as conquistas individuais da criança, resultados de um processo compartilhado (adulto-criança, criança-criança e criança-objeto).
Isso é analisado por Vygotsky, quando  fala que o desenvolvimento do sujeito humano se dá a partir de constantes interações com o meio social em que vive, já que as formas psicológicas emergem da vida social e destaca a relevante dimensão social que fornece instrumentos e símbolos para a aprendizagem da criança (ver o processo da leitura e escrita). E completa que o indivíduo criado num ambiente que desconhece a escrita, de pessoas não letradas, não se alfabetizará, da mesma forma que acontece com a aquisição da fala – a criança só aprenderá a falar se viver em uma comunidade de falantes. Abraços.
 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Lula fala aos russanos:

Força Lula

Governar é cuidar do povo

Pela valorização do magistério

Blogs Russanos

O PT tem os defeitos de todos os partidos, mas nenhum tem as suas virtudes.

Image and video hosting by TinyPic

Privataria Tucana