Sigam-me os bons.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

O Brasil pintado pela Rede Globo como um Brasil "decadente" é o sétimo páis do mundo em expectativa de emprego para 2014.

cart

Brasil do “caos à vista” é o sétimo país do mundo em expectativa de emprego para 2014

 Autor: Fernando Brito
Não se trata de um blogueiro otimista nem de um veículo de comunicação governista.


empregoÉ o insuspeito O Globo e uma consultoria internacional de emprego, a Manpower, que dizem: o Brasil é o sétimo país do mundo em matéria de contratação de equipes profissionais no primeiro trimestre de 2014.
Curioso, para um país em que o noticiário de economia aponta, diariamente, como a caminho da bancarrota.
Leia só:
“O Brasil foi apontado como sétimo país no mundo com a melhor intenção de contratação, com um índice de 16% para o primeiro trimestre de 2014, segundo os dados da pesquisa “Expectativa de Emprego no Brasil”, do ManpowerGroup, consultoria de soluções de gestão e contratação de pessoas. O levantamento, que avalia a perspectiva de contratação das empresas brasileiras para os meses de janeiro, fevereiro e março de 2014, aponta que os empregadores esperam um ritmo de contratação positivo.
De acordo com o estudo, enquanto 21% das empresas brasileiras esperam aumentar as folhas de pagamento, 11% antecipam uma queda em seus quadros e 68% acreditam que vão manter suas equipes intactas. Com os dados ajustados, permitindo a variação sazonal, o índice da intenção de contratação é de 16%. A taxa é 3% inferior ao último trimestre de 2013 e ainda é o mais baixo desde que a pesquisa começou no Brasil, no quarto trimestre de 2009. A pesquisa detalha a resposta de 850 empregadores brasileiros.”
Por que taxa é menor que a de outras pesquisas feitas pelo grupo?
O diagnóstico para isso é bem diferente das previsões de crise que vemos nos jornais:
“A taxa de desemprego vem caindo com indícios que deve terminar 2013 menor do que em 2012. A oferta de trabalhadores qualificados disponíveis no mercado é baixa, já que a maioria está empregada, estimulando as organizações a investirem mais na formação de quem está na empresa, ao invés de sair no mercado, onde o custo e demora pela busca do profissional serão altos”, diz Ricardo Barberis, presidente da filial brasileira da Manpower.
A mais forte perspectiva de contratação, diz a pesquisa, é no estado do Rio de Janeiro, onde a taxa é de 18%. Em São Paulo e Paraná, o índice é de 17%. O estado com os planos de contratação menos otimistas é Minas Gerais, com 8%.
Ah, como o gráfico aí ao lado era muito comprido, foram cortados os países com expectativa de queda no emprego:  Bélgica (-1%),Eslováquia(-2%), Espanha(-4%)Finlândia(-6%),Irlanda(-6%) e, na lanterninha, a Itália (-10%).
A pesquisa, na íntegra, pode ser acessada aqui.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Lula fala aos russanos:

Força Lula

Governar é cuidar do povo

Pela valorização do magistério

Blogs Russanos

O PT tem os defeitos de todos os partidos, mas nenhum tem as suas virtudes.

Image and video hosting by TinyPic

Privataria Tucana