Sigam-me os bons.

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

O Brasil de Lula-Dilma tem o menor desemprego de sua historia, mas a Rede Globo continua apresentando ao povo outro Brasil.

 

Desemprego cai para 4,6%, menor índice da história

A taxa Taxa de desemprego,  fechando  novembro em 4,6. Como dezembro a taxa é ainda menor por conta do Natal e festa de ano, a taxa de desemprego no ano de 2013 tende a ser a menor dos últimos anos.

Isso é mais uma notícia boa para o governo Dilma que poderá comemorar como o governo do "desemprego", ou seja, um governo que tem conseguido combater com êxito o desemprego no país, através de sua política econômica.

Será que alguém tem saudades do governo do apagão do FHC-AÉCIO-SERRA, quando o país vivia no "cheque especial do FMI" e com uma legião de desempregados e perspectiva de futuro?  

Jornalistas da Globo, como o "Miriam Porcão" deverão dizer: no Brasil a taxa de desemprego cai, mas o Brasil continua com um "Pibinho".


Taxa de desemprego cai e fecha novembro em 4,6%
Vitor Abdala

Repórter da Agência Brasil
Rio de Janeiro – A taxa de desemprego no país fechou o mês de novembro em 4,6%. O dado foi divulgado hoje (19) na Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Essa é a menor taxa desde dezembro de 2012, que também havia sido de 4,6%. O índice é inferior ao registrado em novembro de 2012. Em outubro deste ano, a taxa havia sido de 5,2%.
"Essa redução da desocupação vem em decorrência do aumento da inatividade. Não houve aumento do número de postos de trabalho. Parte dessa população pode ser de gente que já acertou emprego para dezembro, mas ainda não está atividade. Outra porção pode ser em decorrência de desalento [acha que não vai conseguir trabalho]", disse o gerente de Trabalho e Renda do IBGE, Cimar Azeredo.
O contingente de pessoas desempregadas (1,1 milhão) caiu 10,9% em relação a outubro, mas manteve-se estável na comparação com novembro de 2012. Já o contingente de empregados (23,3 milhões de pessoas) manteve-se estável em ambas comparações.
O número de trabalhadores com carteira assinada no setor privado (11,8 milhões) ficou estável em relação a outubro deste ano, mas cresceu 3,1% na comparação com novembro do ano passado.
Entre as categorias profissionais, todas mantiveram praticamente o mesmo número de postos de trabalho de outubro. Na comparação com novembro do ano passado, o comportamento foi semelhante para a maioria das categorias, com exceção da indústria, que teve queda de 3,9% (menos 145 mil postos de trabalho), e dos serviços domésticos, com redução de 12,2% (menos 186 mil postos).

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Lula fala aos russanos:

Força Lula

Governar é cuidar do povo

Pela valorização do magistério

Blogs Russanos

O PT tem os defeitos de todos os partidos, mas nenhum tem as suas virtudes.

Image and video hosting by TinyPic

Privataria Tucana