MP: Carlos Berreza Jr. e João Caramez do PSDB recebiam mesada do esquema que desviou 7,5 milhões da saúde.

Promotoria estima que R$ 7,5 milhões foram desviados por ação de entidades contratadas para gerir hospitais

Promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) Núcleo Sorocaba (SP) afirmam, em um trecho da denúncia da Operação Athenas - que investigou desvios de recursos da saúde em oito cidades de três Estados - que os deputados estaduais Carlos Berreza Jr. e João Caramez, ambos do PSDB, recebiam mesada do esquema. 
 
A promotoria estima que pelo menos R$ 7,5 milhões foram desviados por meio da ação de entidades contratadas para gerir os hospitais. A denúncia tem como alvo 61 empresários, médicos, administradores e servidores públicos.

Nenhum comentário: