Rede Globo, Veja, Folha e Estadão são responsáveis pelas agressões e preconceitos aos médicos cubanos.

Nenhum comentário: