Sigam-me os bons.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Lula faz críticas à imprensa brasileira em Paris

do blog do Nassif

Por Nonato Amorim
Da BBC Brasil
Daniela Fernandes
No encerramento de uma conferência em Paris organizada por seu instituto, o ex-presidente Lula evitou comentar as denúncias do empresário Marcos Valério divulgadas pelo jornal O Estado de São Paulo, mas fez uma crítica velada à imprensa brasileira.
 
Sob fortíssimo esquema de segurança, que impedia a todo custo a aproximação de jornalistas, Lula falou no evento por 1 hora e 20 minutos. Pouco antes de concluir seu discurso, que focou na necessidade de buscar soluções para enfrentar a crise, o ex-presidente fez, sem elo direto aparente, uma rápida comparação sobre o tratamento dado pela mídia às denúncias contra políticos e contra banqueiros. 
"Quando político é denunciado, a cara dele sai noite e dia nos jornais. Vocês já viram banqueiro nos jornais? São eles que pagam as publicidades da mídia", afirmou Lula em tom crítico, sob aplausos da plateia.
Na terça-feira, o ex-presidente foi alvo de denúncias do empresário Marcos Valério, segundo o qual o ex-presidente teria avalizado empréstimos e tido parte de suas despesas pessoais pagas com o dinheiro que abastecia o esquema de compra de votos de parlamentares durante seu governo.
As acusações foram publicadas pelo jornal O Estado de São Paulo.
Convidado para um jantar de gala na noite de terça-feira oferecido pelo presidente da França, François Hollande, a Dilma Rousseff, Lula não apareceu, elevando rumores de que sua ausência teria ocorrido devido às acusações.
A assessoria do ex-presidente, porém, informou que ele faltou ao evento, realizado no Palácio do Eliseu, sede da presidência francesa, por estar com "dor de garganta".
Em seu discurso no encerramento do "Fórum pelo progresso social: o crescimento como saída da crise", organizado pelo Instituto Lula e pela Fundação Jean-Jaurès e aberto na terça-feira por Dilma e Hollande, o ex-mandatário brasileiro falou longamente sobre como seu governo lidou com as crises econômicas.
Blindagem
A participação de Lula na conferência foi organizada de maneira a impedir a aproximação dos jornalistas do ex-presidente.
A área da imprensa foi mudada em relação ao dia anterior (o evento durou dois dias), para evitar que os jornalistas ficassem perto da porta pela qual o ex-presidente passaria.
No final do fórum, os agentes de segurança cercaram os profissionais da imprensa e fizeram uma barreira para que eles não pudessem avançar em direção ao palco onde estava Lula.
Outros seguranças ficaram entre as fileiras de cadeiras para impedir que jornalistas, confinados no lado esquerdo da sala, pudessem "cortar caminho" entre os assentos até o local por onde Lula deveria passar.
O ex-presidente deixou o prédio por uma porta lateral.
Lula estava bastante empolgado em seu discurso e fez a plateia rir várias vezes e também aplaudir, como no momento em que ironizou o fato de ter perdido várias eleições e "que um dia o povo brasileiro ficou com tanta dó" que o elegeu.
O ex-presidente fez um balanço de seu governo e das transformações econômicas e sociais durante seus mandatos, falou sobre as novas relações internacionais do Brasil iniciadas por ele e comentou também a crise atual.
Lula viaja para a Catalunia, na Espanha, na manhã desta quinta-feira, onde irá receber um prêmio por sua luta no combate à pobreza.
Ele retorna ao Brasil na próxima sexta-feira, 14.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Lula fala aos russanos:

Força Lula

Governar é cuidar do povo

Pela valorização do magistério

Blogs Russanos

O PT tem os defeitos de todos os partidos, mas nenhum tem as suas virtudes.

Image and video hosting by TinyPic

Privataria Tucana