Sigam-me os bons.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Eden Wiedemann, coordenador de mídias como Facebook e Twitter da campanha do candidato do Serra espalhou o boato sobre o ENEM


do blog da Dilma
BRASÍLIA — Uma mensagem falsa espalhou ontem uma onda de boatos nas redes sociais sobre o cancelamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que está marcado — e confirmado — para os próximos dias 3 e 4 de novembro. 

O Ministério da Educação (MEC) informou que seu portal na internet chegou a sair do ar por alguns minutos, devido ao elevado número de acessos por parte de internautas que buscavam esclarecimentos. O assunto, que era de educação, acabou virando tema eleitoral. 


De acordo com o MEC, a mensagem que deu origem à confusão partiu de Eden Wiedemann, identificado pelo MEC como um publicitário de Pernambuco. Em sites especializados em redes sociais, Eden é identificado como coordenador de mídias como Facebook e Twitter da campanha do candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo, José Serra. 

Procurada, a campanha de Serra disse que iria averiguar o caso e não confirmou se Eden trabalha ou não para o candidato. Ficou de responder, mas não retornou até o fechamento desta edição. O ministro Aloizio Mercadante acionou a Polícia Federal para investigar o caso. Em sua página no Twitter, Wiedemann postou a seguinte mensagem na quarta-feira à noite: “VAI HADDAD!!! MEC confirma cancelamento das provas do Enem”. 

O texto escrito pelo publicitário era acompanhado de um link para matéria veiculada pelo portal Terra, em 2009, quando o Enem foi, de fato, cancelado. O título da referida matéria é: “MEC confirma cancelamento das provas do Enem”. 

No início da noite de ontem, ele voltou a postar a mensagem. Com ironia, comentou que os petistas estavam irados com a piada que fizera e diz que alguém começou a divulgar o cancelamento na terça-feira. Segundo o MEC, uma busca no Twitter indicou que o primeiro usuário a enviar a mensagem teria sido Wiedemann. 

Os posts deram origem à hashtag “#EnemCancelado”, expressão criada para designar um assunto em debate. Logo espalhou-se pela rede uma onda de boatos. 

Diversos posts eram acompanhados de link para antigas matérias de sites noticiosos sobre a suspensão do Enem de 2009 ­— que ocorreu após um caderno de questões ter sido furtado na gráfica. Link antigo do site do GLOBO também foi utilizado indevidamente no Facebook, o que levou o jornal a postar em seu site alerta de que o Enem não fora cancelado. 

O MEC usou as redes sociais para confirmar que o próximo Enem será aplicado em 3 e 4 de novembro. “O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012 está confirmado para os dias 3 e 4 de novembro. 

Estudantes já começaram a receber os cartões de confirmação e também podem conferir os locais de aplicação das provas na página do exame”, dizia o texto do ministério. Pela manhã, Mercadante declarou que está “tudo pronto” para a aplicação do exame. — 

O primeiro Enem a gente nunca esquece. Mercadante disse que houve reforço para a segurança na aplicação do exame. 

As provas, segundo ele, estão protegidas em 72 batalhões do Exército, PF, Polícia Rodoviária e Polícia Militar. — Até agora esse trabalho já foi feito e não tivemos nenhuma dificuldade — afirmou. (Demétrio Weber) O Globo

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Para mudar Russas como Lula mudou o Brasil

Lula fala aos russanos:

Força Lula

Governar é cuidar do povo

Pela valorização do magistério

Blogs Russanos

O PT tem os defeitos de todos os partidos, mas nenhum tem as suas virtudes.

Image and video hosting by TinyPic

Privataria Tucana